O que fez com que a Educação Infantil ficasse tão importante? Foi o avanço de vários campos de pesquisa. Há muito tempo, os pedagogos e os psicólogos sabiam da importância da Educação Infantil. Mas com as descobertas dos cientistas acerca do crescimento do cérebro, principalmente a partir dos anos 1980, se ampliou a compreensão como essa fase do desenvolvimento é especial.

Hoje se sabe, por exemplo, que a inteligência não se define apenas pelo peso da herança genética. Estudos diversos mostram que o cérebro se desenvolve especialmente na interação com o meio. Em palavras mais simples, os estímulos que a criança recebe representam uma parte fundamental do desenvolvimento intelectual.

São estímulos importantes, por exemplo, a quantidade de palavras que a criança ouve, a diversidade de situações que vive, as possibilidades de movimento físico (a criança aprende também quando seu corpo se move e explora o espaço), as oportunidades de expressão de suas emoções e de suas perguntas sobre tudo.

Mas as pesquisas mostram mais. Não basta estimular. Para aprender e se desenvolver de forma integral, é preciso que a criança sinta-se segura, protegida, em um ambiente repleto de afeto.

Sem amor, há pouco aprendizado.

 

Fonte: http://projetociranda.com.br/ciranda-em-acao/ciranda-pais/educacao-infantil-ciranda-pais/infancia-dos-3-aos-5-anos-um-tempo-especial-da-vida/

Deixe sua mensagem